Lisbon Love

amores alfacinhas, styling em cápsulas regulares e prazeres caóticos de uma multi-tasker feliz

Guilty as charged.

imagem por ionline

Nem tudo é mau no restaurante Guilty, by Olivier. A zona exterior, com as mesas a dar para a Barata Salgueiro, é bem agradável e dá vontade de passar horas numa conversa mergulhada em comes e bebes. Sem dúvida. No entanto, se ficarem na sala interior vão provavelmente experienciar uma barulheira infernal mais próxima de um bar de adolescentes privilegiados e mimados do que um restaurante casual with a twist, como este se intitula. E sim, tem um tecno irritante incluído … creio até que terei ouvido um berro ou outro do Justin Bieber himself.

A decoração é escura (para alguns mesmo muito escura) mas simpática, com uma parece forrada com caixas de vinho de madeira clara. Bonito.

Guilty-Interior_byBestTabbles

Mais coisas boas? O chefe de sala é muito simpático. A pizza era decente. A carne do Hambúrguer Italiano 2012 era excelente, verdade que era.  Mas  um hambúrguer que custa 21 euros tem de obedecer a alguns standards de qualidade, ou seja, não pode vir dentro de um pão frio nem acompanhado de batatas…frias. Peço desculpa mas não pode, é crime. Felizmente vinha também a acompanhá-lo uma extraordinária maionese de trufas que ajudou a disfarçar o frio criminoso das batatas.

Chega de crimes, não? Não, falta ainda o pior crime de todos, aquela coisa detestável que é bem capaz de me estragar integralmente  o jantar e de me fazer jurar a pés juntos que nunca mais ponho os ditos em tal espelunca. Empregados malcriados e arrogantes.  Uma pessoa praticamente tem de se rojar no chão a pedir pelos santinhos para nos trazerem a lista dos vinhos. E atiram com os pratos. E reviram os olhos às perguntas dos clientes sobre o ingrediente X.

quem tenha tido boas experiências no Guilty, mas eu fiquei foi com vontade de cortar os pulsos a seguir por ter gasto o meu dinheiro num sitio péssimo.

Guilty as charged🙂

2 comments on “Guilty as charged.

  1. Andreia Calisto
    4 de Fevereiro de 2013

    Tenho mesmo pena que a tua experiência tenha sido tão diferente da minha. Na verdade já lá fui vai para dois anos e as coisas podem mudar rapidamente. Uma pena mesmo😦

  2. d.
    4 de Fevereiro de 2013

    Já tive oportunidade de repetir a visita no Guilty e foi sendo cada vez pior, com todos os detalhes que aqui descreves, especialmente no que diz respeito aos empregados. Quanto à pouca luz, confirmo apenas que também ao almoço, se ficarmos sentados numa das mesas do fundo da sala, ficamos tão “bem iluminados” como se fosse de noite… As batatas, no início, ainda eram artesanais (como quem diz, como a Avó as fazia), mas numa outra visita já eram claramente congeladas.
    Adorei o post, estou completamente de acordo!

Say your piece!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 4 de Fevereiro de 2012 by in Foodie, Lisbon and tagged , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: